sábado, 30 de junho de 2012

LITURGIA DIÁRIA



1ª Leitura - Lm 2,2.10-14.18-19
Salmo - Sl 73,1-2. 3-4. 5-7. 20-21 (R. 19b)
Evangelho - Mt 8,5-17
Verde. Sábado da 12ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
Ele tomou as nossas dores e carregou sobre si as nossas enfermidades. Jesus é solidário com todos os que sofrem e é sempre uma presença de amor em suas vidas. A sua presença manifesta o amor que Deus tem pelo gênero humano. Quem tem fé verdadeira é sempre capaz de ver a presença de Jesus na sua própria vida, principalmente nos momentos de sofrimento e de dor, e sente os efeitos dessa presença amorosa. O verdadeiro discípulo de Jesus é aquele que manifesta a todos os que sofrem esta presença e esta solidariedade de Jesus, e o faz através do serviço, ou seja, tornando-se ele próprio uma extensão do braço amoroso de Jesus que atua nos momentos difíceis da vida de todos.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

LITURGIA DIÁRIA


1ª Leitura - 2Rs 25,1-12
Salmo - Sl 136,1-2. 3. 4-5. 6 (R. 6a)
Evangelho - Mt 8,1-4
Verde. 6ª-feira da 12ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
O Evangelho de hoje nos mostra coisas muito interessantes. Inicialmente, Jesus desce do monte, o que nos mostra que devemos subir ao monte para conversar sobre coisas importantes, mas não podemos ficar lá para sempre, precisamos descer. As multidões o seguiam, porque o discurso do Evangelho convence, faz com que as pessoas dêem sua adesão a Jesus e à causa do Reino. Por fim, nos mostra que as verdades refletidas sobre o monte devem ser vividas, pois Jesus faz isso, vendo a necessidade de quem dele se aproxima e fazendo o que está ao seu alcance para que o mal seja vencido e todas as pessoas possam ter uma vida digna de filhos e filhas de Deus.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

SANTO DO DIA



Santo Irineu


Celebramos a memória do grande bispo e mártir, Santo Irineu que, pelos seus escritos, tornou-se o mais importante dos escritores cristãos do século II. Nascido na Ásia Menor foi discípulo de São Policarpo, que por sua vez conviveu diretamente com o Apóstolo São João, o Evangelista. 

Ao ser ordenado por São Policarpo, Irineu foi para a França e assumiu várias funções de serviço à Igreja de Cristo (que crescia em número de comunidades e necessidade de pastoreio). Importante contribuição deu à Igreja do Oriente quando foi em missão de paz para um diálogo com o Papa Eleutério sobre a falta de unidade na data da celebração da Páscoa, pois o Oriente corria ao risco de excomunhão, sendo fiel ao significado do seu próprio nome – portador da paz – logrou êxito nessa missão, já que isto nada interferia na unidade da fé.

Ao voltar da missão deparou-se com a morte do bispo Potino, o qual o havia enviado para Roma e, sendo assim, foi ele o escolhido para sucessor do episcopado de Lião. Erudito, simples, orante e zeloso bispo, foi Santo Irineu quem escreveu contra os hereges, sobre a sucessão apostólica e muito dos dados que temos hoje, sobre a história da Igreja do século II. Este grande bispo morreu mártir na perseguição do imperador Severo.

Santo Irineu, rogai por nós!
Fonte: www.cancaonova.com


GRUPO DE VIDA JOÃO PAULO II PARABENIZA SEU MEMBRO O DIÁCONO CLÁUDIO

 Caríssimo Diácono Cláudio, Ut omnes unum sint!!!

A vida que Deus nos concede é um dom, um presente pelo o qual devemos zelar, para que ao longo de nossa existência possamos ser felizes e tornar os outros felizes também. Por isso, hoje você agradece, na certeza de que, nas alegrias, nas lutas e tristezas, Deus sempre esteve presente e nunca haverá de abandoná-lo, pois sua fé sustenta-se Nele, que faz sua vida florir e dar frutos de amor. Nunca desista de seus objetivos, pois pior que a vergonha da derrota é a vergonha de não ter lutado.
Que o Deus da vida o ilumine e Maria a nossa Mãe o projeta de todos os perigos. PARABÉNS!!!!!

Feliz Aniversário são os votos de todos que fazem parte do Grupo de Vida!

quarta-feira, 27 de junho de 2012

LITURGIA DIÁRIA



1ª Leitura - 2Rs 22,8-13; 23,1-3
Salmo - Sl 118, 33. 34. 35. 36. 37. 40 (R. 33a)
Evangelho - Mt 7,15-20
Verde. 4ª-feira da 12ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
Existem profetas que falam o que as pessoas gostam de ouvir e existem profetas que falam o que deve ser dito. O falso profeta é aquele que fala o que a pessoa gosta de ouvir, de modo que ela não muda de vida e não produz fruto algum, vive uma espiritualidade estéril; ele vive de acordo com a situação porque esta lhe é favorável e satisfaz seus interesses. O verdadeiro profeta fala o que a pessoa precisa ouvir para converter-se, mudar de vida e produzir frutos que permaneçam, ele não aceita a situação atual, marcada pelos privilégios e pecados e quer que ela mude, porque o seu interesse é que o Reino de Deus aconteça na história dos homens.

terça-feira, 26 de junho de 2012

LITURGIA DIÁRIA


1ª Leitura - 2Rs 19,9b-11.14-21.31-35a.36
Salmo - Sl 47,2-3a. 3b-4. 10-11 (R. Cf. 9d)
Evangelho - Mt 7,6.12-14
Verde. 3ª-feira da 12ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
Hoje em dia, fala-se muito da questão da inculturação. É inculturação do anúncio, da liturgia e assim por diante. De fato, a inculturação é necessária para que todos possam viver os valores do Reino de Deus. Mas o Evangelho de hoje nos faz uma grave advertência: não atireis vossas pérolas aos porcos. É claro que devemos valorizar todas as formas e expressões de uma cultura e reconhecer os grandes valores que estão presentes na cultura e que expressam os valores evangélicos, mas inculturar o Evangelho não significa submete-lo aos valores culturais, pois a cultura tende a ver o Evangelho de uma forma ideológica e a usar as suas palavras sem os critérios do Reino, pisando nelas e voltando-se contra nós.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

MISSA SOLENE E PROCISSÃO DE ENCERRAMENTO DA FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA 2012





BATIZADOS DA FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA 2012














LITURGIA DIÁRIA



1ª Leitura - 2Rs 17,5-8.13-15a.18
Salmo - Sl 59, 3. 4-5. 12-13 (R. 7b)
Evangelho - Mt 7,1-5
Verde. 2ª-feira da 12ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
A maioria das pessoas está mais preocupada com os pecados dos outros do que com os próprios, sempre apresentando o argumento de que os pecados dos outros são mais graves e exigem uma maior preocupação. O trabalho de transformação do mundo deve começar pela transformação e pela conversão pessoal. Se cada pessoa estivesse realmente preocupada com a própria conversão e de fato fizesse tudo o que está ao seu alcance, contando com a graça divina para uma verdadeira mudança de vida, muitos dos problemas que estão presentes na nossa sociedade já estariam superados. Portanto, que cada um olhe para si, se descubra pecador e se converta, para contribuir de fato com a conversão do mundo.

domingo, 24 de junho de 2012

SANTO DO DIA


Solenidade do Nascimento de João Batista


Com muita alegria, a Igreja, solenemente, celebra o nascimento de São João Batista. Santo que, juntamente com a Santíssima Virgem Maria, é o único a ter o aniversário natalício recordado pela liturgia. 


São João Batista nasceu seis meses antes de Jesus Cristo, seu primo, e foi um anjo quem revelou o seu nome ao seu pai, Zacarias, que há muitos anos rezava com sua esposa para terem um filho. Estudiosos mostram que possivelmente depois de idade adequada, João teria participado da vida monástica de uma comunidade rigorista, na qual, à beira do Rio Jordão ou Mar Morto, vivia em profunda penitência e oração. Pode-se chegar a essa conclusão a partir do texto de Mateus: "João usava um traje de pêlo de camelo, com um cinto de couro à volta dos rins; alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre"
 O que o tornou tão importante para a história do Cristianismo é que, além de ser o último profeta a anunciar o Messias, foi ele quem preparou o caminho do Senhor com pregações conclamando os fiéis à mudança de vida e ao batismo de penitência (por isso “Batista”). Como nos ensinam as Sagradas Escirturas: "Eu vos batizo na água, em vista da conversão; mas aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu: eu não sou digno de tirar-lhe as sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo" (Mateus 3,11).
 Os Evangelhos nos revelam a inauguração da missão salvífica de Jesus a partir do batismo recebido pelas mãos do precursor João e da manifestação da Trindade Santa.
São João, ao reconhecer e apresentar Jesus como o Cristo, continuou sua missão em sentido descendente, a fim de que somente o Messias aparecesse. Grande anunciador do Reino e denunciador dos pecados, ele foi preso por não concordar com as atitudes pecaminosas de Herodes, acabando decapitado devido ao ódio de Herodíades, que fora esposa do irmão deste [Herodes], com a qual este vivia pecaminosamente.
O grande santo morreu na santidade e reconhecido pelo próprio Cristo: "Em verdade eu vos digo, dentre os que nasceram de mulher, não surgiu ninguém maior que João , o Batista" (Mateus11,11).
                                                                          São João Batista, rogai por nós!
                                                                          Fonte: http://www.cancaonova.com

LITURGIA DIÁRIA


1ª Leitura - Is 49,1-6
Salmo - Sl 138(139),1-3.13-14ab.14c-15 (R. 14a)
2ª Leitura - At 13,22-26
Evangelho - Lc 1,57-66
Branco. Natividade de São João Batista, Solenidade
   
Reflexão
O nascimento de João Batista nos mostra a atuação de Deus na história e que nem sempre entendemos esta atuação ou os nossos projetos são os mesmos dele. Quando existe discordância entre a vontade de Deus e a nossa vontade, nós nos tornamos limitados e incapazes de viver plenamente na graça divina e de comunicar esta graça aos nossos irmãos e irmãs, mas quando a nossa vida é conforme a vontade de Deus, a graça divina atua em nós, a mão do Senhor está conosco e a nossa boca se abre para anunciar suas maravilhas e proclamar os seus louvores.

sábado, 23 de junho de 2012

ENCONTROS REGIONAIS REÚNEM ALUNOS DO CURSO DE FORMAÇÃO POLÍTICA


 A reflexão sobre as próximas eleições, com base na cartilha “Eleições Municipais 2012: cidadania para a democracia”; e os Cinquenta anos do Concílio Vaticano II, está na pauta dos encontros das turmas do Curso de Formação Política para Cristãos Leigos (CEFEP). O mais recente, nos dias 15 e 16 de junho, foi em Juazeiro do Norte (CE).

O evento, de caráter regional, reuniu 21 participantes de sete estados do nordeste brasileiro, que atuam como agentes de pastoral ou em movimentos sociais. Entre eles, três serão candidatos a vereador nas próximas eleições.

As dificuldades enfrentadas na realidade de cada região são parte importante do curso. De acordo com o membro da equipe de coordenação do CEFEP, Antônio Geraldo Aguiar, “a partilha possibilitou o conhecimento de como a política vem acontecendo em muitos estados, inclusive com muitos casos de corrupção”.

A iniciativa conta com a parceria da Coordenação Central de Educação a Distância (CCEAD), da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Nesta última edição, os alunos também discutiram os temas das monografias que serão entregues, com temáticas como ecumenismo e migração da juventude.

Estão previstos, ainda, mais três encontros regionais com os participantes do curso do CEFEP: 30/06 e 01 de julho, em Maringá, com os alunos de São Paulo, Paraná e Santa Catarina; 7 e 8 de julho, em Belo Horizonte, para os alunos de Minas Gerais e Espírito Santo; 21 e 22 de julho, em Goiânia, para os alunos de Goiás, Mato Grosso, Rondônia e Distrito Federal.

CCM e POM promovem curso de Espiritualidade Missionária para Seminaristas



O Centro Cultural Missionário de Brasília (CCM) e as Pontifícias Obras Missionárias (POM), promovem, de 1º a 7 de julho de 2012, o curso de Teologia e Espiritualidade Missionária para Seminaristas, aberto também a Presbíteros com menos de 10 anos de ordenação. O tema será "Para uma Igreja em estado permanente de Missão".
De acordo com os organizadores, o curso tem como finalidade redescobrir o ministério sacerdotal à luz da perspectiva missionária. “A iniciativa do CCM se situa como estímulo para que aconteça efetivamente uma formação missiológica e missionária mais aprofundada nos seminários do Brasil”, afirma dom Sérgio Braschi, bispo de Ponta Grossa (PR) e presidente do Conselho Missionário Nacional.
O conteúdo programático prevê um aprofundamento dos fundamentos bíblicos e teológicos da missão, uma leitura dos desafios missionários hoje, a relevância profética do diálogo ecumênico e inter-religioso, a memória missionária do Concílio Vaticano II e elementos para uma espiritualidade missionária.
Para esse curso todos os seminários e as escolas teológicas são convidados a enviar seus representantes, para que os futuros presbíteros sejam sempre mais capacitados a animar as comunidades a eles confiadas com autêntico espírito missionário.
As inscrições podem ser efetuadas pela internet através do site www.ccm.org.br.

LITURGIA DIÁRIA


1ª Leitura - 2Cr 24,17-25
Salmo - Sl 88,4-5. 29-30. 31-32. 33-34 (R.29a)
Evangelho - Mt 6,24-34
Verde. Sábado da 11ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
A vida moderna é cada vez mais marcada pela satisfação de necessidades urgentes criadas pela sociedade e pela cultura. A busca da satisfação dessas necessidades nos ocupa praticamente o tempo todo e nunca obtém pleno sucesso, pois sempre fica faltando alguma coisa. Por que acontece isso? É porque a pessoa contemporânea deixou de lado o Deus verdadeiro para se colocar ao serviço dos deuses que marcam o paganismo moderno, como o dinheiro, o prazer e o poder, e esses deuses nunca estão satisfeitos e nem trazem satisfação para o coração humano. É claro que não devemos nos alienar, nos afastar do mundo como se ele fosse uma coisa má, mas não distanciamento não pode significar servidão aos deuses e mitos da modernidade.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

LITURGIA DIÁRIA


1ª Leitura - 2Rs 11,1-4.9-18.20
Salmo - Sl 131,11. 12. 13-14. 17-18 (R.13)
Evangelho - Mt 6,19-23
Verde. 6ª-feira da 11ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
Existem valores e valores. Quem é verdadeiramente discípulo de Jesus deve procurar viver segundo a hierarquia de valores que é proposta por ele. Quem tem como centro de sua vida o reino de Deus faz dele o seu tesouro, faz com que ele seja o valor fundamental da sua vida e a partir dele ordena todos os demais valores, de modo que o reino de Deus é o valor absoluto e os demais valores são relativos a ele. Quem coloca os valores do mundo como centro da sua vida vive segundo outra hierarquia de valores, totalmente inversa à proposta por Jesus. Diante do evangelho de hoje somos convidados a rever nossa hierarquia de valores segundo os critérios de Jesus.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

QUAL MÍDIA SOCIAL ATENDE SUAS NECESSIDADES?



Atualmente, há centenas de mídias sociais com as mais diversas finalidades espalhadas pela internet. Ao contrário do que muitos pensam, mais do que estar presente em todas elas, é preciso saber onde atuar com qualidade e eficácia.

Para isso, é preciso identificar a necessidade da instituição antes de criar sua conta em determinado serviço, assim como o público-alvo e a forma que deseja interagir com ele.
Para fazer essa identificação com eficácia, é preciso responder, primeiramente, três perguntas: “Quem eu quero atingir?”, “Como eu quero atingi-los?” e “O que eu espero alcançar?”. Tendo posse dessas respostas, você terá cumprido a primeira etapa para iniciar uma campanha de Marketing de Mídias Sociais.

O passo seguinte é conhecer as redes sociais e saber quais as suas finalidades. Só assim será possível traçar um plano de ação baseado em um ou mais recursos de interação.
Para que toda a teoria apresentada fique mais clara, vamos pegar como exemplo uma paróquia que deseja divulgar seus trabalhos voltados para os jovens da comunidade.

Podemos ver que a primeira pergunta já foi respondida no próprio problema: o público-alvo é o jovem, geralmente na faixa etária de 15 a 25 anos. Para a segunda pergunta, podemos verificar quais as formas usadas para a divulgação, ou seja, áudio, imagem ou vídeo. Isso precisa estar bem claro para a equipe, pois ela deve estar qualificada para o trabalho e os equipamentos devem estar à sua disposição.

Hoje, com a baixa no preço dos eletrônicos, é possível trabalhar ações multimídias utilizando apenas um equipamento, mesmo que este não tenha qualidade profissional.
Para responder a terceira pergunta, é preciso traçar o objetivo dessa campanha. Nesse caso, o que se espera é divulgar o trabalho para os jovens da comunidade. Um trabalho de divulgação caracteriza uma ação totalmente diferente, pois, geralmente, atinge um público que nem ao menos conhece seu trabalho. 

Então, é preciso apresentá-lo como se fosse algo novo, mas, ao mesmo tempo, ser objetivo. Uma ação de marketing em mídias sociais é algo que requer tempo e dedicação, por isso é preciso levar em consideração a possibilidade de ter uma pessoa ou equipe trabalhando nessa área.

A realidade de muitas igrejas no Brasil não permite grandes investimentos, sendo assim, a criatividade será um diferencial essencial em qualquer ação trabalhada. Tendo como exemplo a realidade da paróquia citada acima, seria indicado trabalhar com, no máximo, três mídias distintas, tentando fazer com que uma complemente a outra.

Para essa indicação em específico, o ideal é trabalhar com três mídias sociais:

Twitter – apesar do limite de caracteres, ainda é o canal mais indicado para interação com os usuários que se interessam pelo seu conteúdo. É recomendado para a transmissão de informações curtas, geralmente com links direcionados para um conteúdo mais detalhado ou para uma imagem. Essa ferramenta é muito eficiente para identificar a opinião dos usuários sobre o que é publicado.

Facebook – permite engajamento e interação maior com os usuários, além de ser totalmente personalizável. Ele pode ser utilizado também como repositório de fotos e vídeos, caso a estrutura da paróquia não permita a utilização de mídias específicas.

Dica: É importante ressaltar que para as empresas, instituições e personalidades é necessário a criação de uma “página”, pois o recurso “perfil” é indicado para usuários comuns. Os perfis possuem limitação de apenas 5 mil amigos, já as páginas suportam um número maior de fãs e permitem a utilização de recursos interessantes pelos aplicativos para o Facebook.

Blog – deve ser rico em conteúdo, pois será o lugar para o qual todas as mídias sociais vão convergir. É por meio dele que você vai manter as demais ferramentas. É interessante utilizar, principalmente, o Twitter para redirecionar o conteúdo do seu blog, assim como utilizar o Facebook para divulgar novas postagens que você vai produzir. É recomendável, ao menos nos seis primeiros meses, que as postagens sejam diárias, pois isso contribue para que seu blog ganhe relevância comparado a outros do mesmo segmento.

Portanto, o segredo é saber onde estar, qual conceito de ferramenta utilizar e, principalmente, ter disponibilidade e criatividade para extrair o máximo do que ela pode oferecer. As mídias sociais são uma realidade e devem ser exploradas em prol da evangelização.

SANTO DO DIA


São Luís Gonzaga


Considerado o "Patrono da Juventude", São Luís Gonzaga nasceu no ano de 1568 na Corte de Castiglione. Recebeu por parte de sua mãe a formação cristã. Já seu pai o motivava a ser príncipe. Sua família tinha muitas posses mas, graças ao amor de Deus, Luís - desde cedo - deixou-se possuir por esse amor. Deixar-se amar por Deus é fonte de santidade.

Com dez anos de idade, na corte, frequentando aqueles meios, dava ali testemunho do Evangelho e se consagrou a Nossa Senhora. Ali descobriu seu chamado à vida religiosa e queria ser padre. Seu pai, ao saber disso, o levava para festas mundanas, na tentativa de fazê-lo desistir de sua vocação. Entrou para a Companhia de Jesus onde viveu durante seis anos. Com pouco mais de vinte anos, faleceu de uma peste que havia se espalhado em Roma.
                                                                                    
                                                                                          São Luís Gonzaga, rogai por nós! 

LITURGIA DIÁRIA


1ª Leitura - Eclo 48,1-15 (Gr. 1-14)
Salmo - Sl 96,1-2. 3-4. 5-6. 7 (R. 12a)
Evangelho - Mt 6,7-15
Branco. 5ª-feira da 11ª Semana Tempo Comum
S. Luís Gonzaga Rlg, memória
   
Reflexão
A eficácia da oração não é determinada pela quantidade de palavras nela presentes, pelo seu volume ou pela sua visibilidade, mas antes de tudo pela capacidade de estabelecer um relacionamento sério, profundo e filial com Deus. Quem fala muito, grita e fica repetindo palavras é pagão, que não é capaz de reconhecer a proximidade de Deus e ter uma intimidade de vida com ele. A oração também deve ter um vínculo muito profundo com o próprio desejo de conversão e de busca de vida nova, de modo que ela não seja discursiva, mas existencial e o falar com Deus signifique estabelecer um compromisso de vida com ele e para ele.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

LITURGIA DIÁRIA


1ª Leitura - 2Rs 2,1.6-14
Salmo - Sl 30,20. 21. 24 (R. 25)
Evangelho - Mt 6,1-6.16-18
Verde. 4ª-feira da 11ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
O verdadeiro espírito de conversão quaresmal é aquele de quem não busca simplesmente dar uma satisfação de sua vida a outras pessoas para conseguir a sua aprovação e passar assim por um bom religioso, mas sim aquele que encontra a sua motivação no relacionamento com Deus e busca superar as suas imaturidades, suas fraquezas, sua maldade e seu pecado para ter uma vida mais digna da vocação à santidade que é conferida a todas as pessoas com a graça batismal, e busca fazer o bem porque é capaz de ver nas outras pessoas um templo vivo do Altíssimo e servem ao próprio Deus na pessoa do irmão ou da irmã que se encontram feridos na sua dignidade.

terça-feira, 19 de junho de 2012

FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA- 2012

Imagem de São João Batista- Padroeiro de São João do Sabugi-RN

Meus irmãos e irmãs, a Paróquia de São João do Sabugi-RN, onde estou fazendo o meu estágio diaconal está em festa, este ano comemoramos 180 anos anunciando a Boa Nova do Senhor. 

Mensagem

“Ó São João Glorioso quanto vos amo. Guiai-me à Corte Celeste, que  para isto, a vòs clamo…”

Estimados paroquianos e paroquianas, mais uma festa do nosso Padroeiro se aproxima. Mais uma vez nos encontraremos ao redor do altar do Senhor para rendermos graças ao glorioso precursor de Cristo.

Um tempo especial de graças e de renovação espiritual na vida de nossa comunidade. Em 2012 celebramos 180 Anos de Festa em honra ao nosso querido padroeiro, em comunhão com toda a Igreja comemoramos os 50 Anos do Concílio Vaticano II e a abertura do Ano da Ffé no próximo mês de outubro.

Neste contexto, a Festa desse ano tem como tema: “Com São João Batista, queremos testemunhar a Fé à luz da Palavra de Deus e como Lema: “São João Batista, anunciador da Boa Nova.”

Pela Sagrada Escritura temos conhecimento de que  a Palavra de Deus acompanha o homem desde a criação até o fim da sua peregrinação sobre a terra, e que se manifestou de diversos modos, atingindo o ápice no mistério da Encarnação, quando, por obra do Espírito Santo, o Verbo, se fez carne.

A fé é um processo de amor em que mergulhamos num relacionamento com o mistério divino. Por isso, como comunidade cristã, somos convidados a refletir sobre como viver a nossa fé diante das desafiadoras mudanças dos novos tempos.

São João Batista, espera por todos de braços abertos e com afetuoso amor. Desejo que a Festa de São João Batista, neste ano de 2012, seja uma festa de amor: amor para com nossa cidade; amor para com nossa Igreja; amor para com o nosso Deus. Que o Senhor abençoe a todos e que São João Batista esteja presente no coração e na vida de cada um de nós.

A todos, uma Santa e abençoada Festa de São João Batista!

Pe. Joaquim José de Oliveira – Pároco -

Mons. João Agripino Dantas – Pároco Emérito-

Diác. Cláudio Dantas de Oliveira



Procissão de Abertura

hasteamento da bandeira

Missa de abertura

Novenas

D. Lucena, bispo de Guarabira-PB

Cavalgada


Missa do Agricultor

SANTO DO DIA


São Romualdo

Nasceu em Ravena (Itália) no ano de 952. Deixou-se influenciar livremente numa vida distante do Evangelho. Sua juventude era feita de caça, exercícios bélicos e diversões. A diversão era o centro de sua vida. A vaidade era o seu deus. Uma vida sem sentido acompanhava aquele jovem.
Um acontecimento foi o ponto da "virada" em sua história: seu pai tinha um temperamento nervoso e matou, na presença de Romualdo, um inimigo pessoal. Foi nesta altura que Romualdo percebeu os caminhos e ambições que a sua família vivia, e começou a repensar sua história, ao ponto de se dirigir para uma alta montanha e lá conhecer um Mosteiro Beneditino, onde pediu acolhida para reflexão.
Ficou ali durante três anos e tornou-se monge. Saiu das vaidades do mundo e encontrou em Deus o sentido para tudo.
Deus quis dele ainda mais: fez dele fundador da Ordem Camaldulense, marcada pelo silêncio, pelo trabalho e pela penitência.
São Romualdo formou dois homens em sua Ordem que se tornaram Papas. Com 75 anos, já estava consumido na vivência do carisma de sua Ordem. Viveu a radicalidade do Evangelho pela ação do Espírito Santo. Peçamos a transformação de nosso coração e que Jesus seja o centro de nossa vida.
São Romualdo, rogai por nós!

LITURGIA DIÁRIA


1ª Leitura - 1Rs 21,17-29
Salmo - Sl 50,3-4. 5-6a. 11.16 (R. C f. 3a)
Evangelho - Mt 5,43-48
Verde. 3ª-feira da 11ª Semana Tempo Comum
    
Reflexão
Um dos valores mais determinantes da nossa vida é a justiça, mas na maioria das vezes deixamos de lado a justiça de Deus para viver a justiça dos homens, fundamentada na troca de valores e não na gratuidade de quem de fato ama. Quem ama verdadeiramente reconhece que Deus é amor e tudo o que somos e temos vem dele, como prova desse amor gratuito. Assim, as nossas atitudes não podem ser determinadas pelas diferentes formas de comportamento das pessoas que nos rodeiam, mas pelo amor gratuito de Deus que deve fazer com que sejamos capazes de superar toda forma de vingança em nome da justiça e procurar dar a nossa contribuição para que o mundo seja cada vez melhor.