sexta-feira, 30 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Vermelho. Santo André, Apóstolo, Festa

No nosso dia a dia devemos estar sempre atentos à presença de Jesus que se aproxima de nós e nos chama para o serviço do Reino. Esta aproximação acontece principalmente a partir dos apelos que chegam até nós nos sofrimentos, nas dores, nas necessidades não satisfeitas, na fome, na miséria, na culpa, na falta de fé, no desconhecimento de Deus, na falta de sentido de vida, na violência, enfim, em tudo o que exige de nós uma resposta de amor, que é o fundamento de todo apostolado, de todo seguimento de Jesus. Deixando tudo o que estamos fazendo, devemos ser a resposta viva de Deus para todos esses apelos.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 5ª-feira da 34ª Semana Tempo Comum 

A libertação verdadeira da pessoa humana é fruto de dois elementos importantes: o primeiro é o seu compromisso pessoal e comunitário com o Reino de Deus e com a comunidade à qual pertence, de modo que a sua vida passa a ser uma constante luta histórica de transformação da realidade tendo como critério os valores do Evangelho; o segundo é a confiança inabalável da presença atuante de Deus na sua vida e na história dos homens como o grande parceiro que está ao lado dos que assumem a luta por um mundo novo. Somente a união entre esses dois elementos pode garantir um processo histórico verdadeiramente libertador.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 4ª-feira da 34ª Semana Tempo Comum 

Ganhar a vida eterna significa ser capaz de lutar no dia a dia pelos valores que a caracterizam. Mas os valores que caracterizam a vida eterna são completamente diferentes dos valores que caracterizam a nossa sociedade de hoje, sendo que a conseqüência dessa diferença é o conflito, que é seguido da perseguição, do ódio e, muitas vezes, da morte. Mas quem de fato acredita na vida eterna e a deseja ardentemente para si assume o projeto de Deus e os valores do Reino dos céus e luta constantemente por eles, não temendo a perseguição e desafiando até mesmo a morte, porque sabe que nada o separará da vida e vida em abundância.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 3ª-feira da 34ª Semana Tempo Comum 

Não podemos por na realidade material o sentido final da nossa vida e a causa da nossa felicidade, pois o mundo material é transitório e só encontra o seu verdadeiro sentido enquanto é relacionado com o definitivo, ou seja, o mundo espiritual, e contribui para que a pessoa encontre nos valores que não são transitórios a causa da sua vida e da sua felicidade. Assim, devemos ser capazes de submeter os valores transitórios aos valores definitivos, pois somente eles podem nos garantir a nossa plena realização.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Programação Religiosa da Festa de Nossa Senhora da Conceição 2012, Padroeira de Jardim do Seridó-RN


Dia 28 / 11 (quarta-feira): ABERTURA DA FESTA 19h00: Procissão saindo de frente do Mercadinho de Renan e Fabiania à Av. Dr. Ruy Mariz com a imagem de Nossa Senhora da Conceição e a bandeira da Festa. Ao chegar à Igreja Matriz, hasteamento da bandeira e Santa Missa. 

Dia 29 / 11 (quinta-feira): 
06h30: Missa na Matriz 
18h30: Recitação do Ângelus e do Terço 
19h00: 1ª novena 
Tema: "A fé é a certeza daquilo que ainda se espera" (Hb 11,1-3) 
Noite dedicada aos Setores Missionários e Artistas da Terra. 

Dia 30 / 11 (sexta-feira): 
06h30: Missa na Matriz
18h30: Recitação do Ângelus e do Terço
18h30: Procissão motorizada saindo do Terminal Rodoviário. Ao chegar à Matriz, bênção dos veículos. 19h00: 2ª Novena
Tema: Sem fé é impossível agradar a Deus (Hb 11,5-6)
Noite dedicada aos motoristas, motoqueiros e ciclistas 

Dia 1º / 12 (sábado):
18h00: Acolhida às imagens de Nossa Senhora e peregrinos que residem em Natal no Abrigo Dispensário e Procissão até a Matriz
18h30: Recitação do Ângelus e do Terço
19h00: Missa e 3ª Novena
Tema: A fé e o mandamento do amor (Tg 2,1-12)
Noite dedicada aos peregrinos de Nossa Senhora que residem em Natal e ao Setor Juventude da Paróquia. 

Dia 02 / 12 (domingo):
06h30: Acolhida aos peregrinos vindos de São José do Seridó na Praça Miguel da Costa Cirne no Bairro Bela Vista
07h00: Missa na Matriz
17h00: Recitação do Terço na Matriz.
17h00: Caminhada dos agricultores saindo do Abrigo Dispensário. Ao chegar à Matriz, Missa e 4ª Novena, dedicadas aos homens e mulheres do campo e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
Tema: A fé sem obras é morta (Tg 2,14-22) 

Dia 03 / 12 (segunda-feira): DIA DE SÃO FRANCISCO XAVIER
08h00: Missa da unção dos enfermos na Matriz
18h30: Recitação do Ângelus e do Terço
19h00: 5ª Novena 
Tema: Tudo é possível para quem crê (Mc 9,14-24)
Noite dedicada às Marias, aposentados(as) e viúvos(as)

Dia 04 / 12 (terça-feira):
08h00: Missa no Abrigo Dispensário São Judas Tadeu
18h30: Recitação do Ângelus e do Terço
19h00: 6ª Novena
Tema: A força da fé (Lc 17,5-6)
Noite dedicada à Educação: Secretaria Municipal de Educação, Diretores das Escolas Estaduais e Municipais e funcionários públicos da Educação


Dia 05 / 12 (quarta-feira): INÍCIO DO TRÍDUO SOLENE
Das 08h às 11h e das 14h30 às 17h: Mutirão de confissões na Matriz
18h30: Recitação do Ângelus e do Ofício da Imaculada Conceição
19h00: 7ª Novena
Tema: Terminei a carreira, guardei a fé (2Tm 4,6-8)
Noite dedicada à Indústria: Empresários e funcionários da indústria

Dia 06 / 12 (quinta-feira):
06h30: Missa na Matriz
18h30: Recitação do Ângelus e do Ofício da Imaculada Conceição
19h00: 8ª Novena
Tema: Para o puro, tudo é puro (Tt 1,10-16)
Noite dedicada aos comerciantes 

Dia 07 / 12 (sexta-feira): VÉSPERA DA FESTA
06h30: Missa da 1ª sexta-feira na Matriz
18h30: Recitação do Ângelus e do Ofício da Imaculada Conceição
19h00: Última Novena 
Tema: A vocação cristã (2Pd 1,5-11) 
Noite dedicada aos Três Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário

Dia 08 / 12 (sábado): DIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DE NOSSA SENHORA 

10h00: Missa solene da festa presidida pelo Administrador Diocesano Pe. Ivanoff da Costa Pereira.17h00: Procissão com a veneranda imagem de Nossa Senhora da Conceição pelas ruas da cidade. Chegando à Matriz, Bênção do Santíssimo Sacramento, arreamento da bandeira e resultado parcial da Festa

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 2ª-feira da 34ª Semana Tempo Comum 

Muitas vezes somos injustos com as pessoas porque fazemos do elemento quantitativo a principal fonte dos nossos juízos e das nossas decisões em relação a elas. Assumindo os critérios do mundo, o número cada vez mais torna-se o principal critério para a nossa avaliação. Jesus nos mostra que diante de Deus, devemos pensar de forma diferente. Não é o quanto foi dado que manifesta a generosidade da pessoa, mas o como, o porquê e o significado da quantia que são realmente importantes, pois nos revela o relacionamento da pessoa com Deus e o seu envolvimento com ele.

sábado, 24 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Vermelho. Sábado da 33ª Semana Tempo Comum 
Sto. André Dung-Lac Presb e Comps. Mts, memória

Como todos nós vivemos num mundo marcado pelo materialismo, cada vez mais somos tentados a fazer da matéria a causa da nossa felicidade e nos fecharmos nessa realidade para analisar todas as coisas e, com isso, não somos capazes de ver outros caminhos para a felicidade ou até mesmo outras condições de vida que Deus pode nos conceder para o nosso bem, como é o caso da vida eterna. O erro que os saduceus cometeram e que aparece no evangelho de hoje é esse: se tornaram tão materialistas que ficaram incapazes de abrir o próprio coração para a proposta da vida plena que nos é feita pelo próprio Deus.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 6ª-feira da 33ª Semana Tempo Comum 

Existem muitas pessoas que se vangloriam do fato de participar ativamente da Igreja, possuir ministérios ou ter um cargo importante na comunidade eclesial. Mas infelizmente, existem pessoas que usam do fato da pertença na comunidade para substituir as relações de serviço por relações de poder, para dominar, oprimir, buscar promoção pessoal e desvalorizar as outras pessoas que fazem parte da comunidade. A religião para essas pessoas é uma forma não de adorar ao Deus vivo e verdadeiro, mas sim de promover o culto a si próprio e buscar a satisfação dos seus próprios interesses. A esses diz Jesus: "sofrerão a mais rigorosa condenação".

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 5ª-feira da 33ª Semana Tempo Comum 
Sta. Cecília VgMt, memória

A cidade de Jerusalém abre as suas portas para Jesus, mas não abre o seu coração. Não aceita as suas palavras e rejeita a sua doutrina, pois os seus olhos estão voltados para outra direção, a direção que a levará até a destruição e a morte. É necessário que abramos o nosso coração e reconheçamos que somos visitados pelo Deus da Vida e que rejeitar essa visita significa para nós trilharmos os caminhos da morte, resultado de uma vida de quem apenas está preocupado em olhar para seus interesses mesquinhos e não para os verdadeiros bens que são destinados a quem acolhe o Senhor e vive segundo os valores do Evangelho.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 3ª-feira da 33ª Semana Tempo Comum 

O Evangelho de hoje nos mostra os passos que todos nós devemos dar no caminho da conversão. Inicialmente, Jesus nos provoca o desejo de conhecê-lo e nós, respondendo a essa provocação, procuramos vê-lo de alguma forma. Então Jesus entra na nossa vida e nós, porque alegremente o acolhemos, fazemos a experiência da sua companhia e da sua amizade através da intimidade da experiência interior, o que nos faz vislumbrar os verdadeiros valores que nos fazem felizes, de modo que procuramos viver o amor fazendo o bem e reparando o mal que praticamos. Assim, Jesus nos encontra quando estamos perdidos e nos possibilita trilhar o caminho da salvação.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

SEMANA DOS SACRAMENTOS



A partir do dia 18 de novembro até o dia 25 do referido mês a paróquia de São Sebastião de Jucurutu estará vivenciando a semana dos Sacramentos, onde os padres irão administrar em cada dia um sacramento, dando assim ênfase à esses sinais visíveis da Graça invisível de Deus.

dia 18 às 19h - Abertura da Semana dos Sacramentos
dia 19 às 19h - Batizados
dia 20 às 08h - Unção dos enfermos
dia 20 às 19h - Confissão comunitaria
dia 21 às 19h - Primeira eucaristia
dia 22 às 19h - Sacramento da Confirmação (Crisma) Presidida pelo Adm. Diocesanno Pe. Ivanoff
dia 23 às 19h - Ministério de Ácolito e leitor de Fernando. Presidida pelo Adm. Diocesanno Pe. Ivanoff 
dia 24 às 19h - Casamentos comunitários
dia 25 às 19h - Encerramento do ano litúrgico e semana dos sacramentos, Festa de Cristo Rei.

Lembramos que todas as celebrações acontecerão na Igreja Matriz de São Sebastião. 

Tempo de Kairós na nossa cidade, onde Deus derrama abundantemente sua graça através dessa semana manifestada nas celebrações.

Vamos todos participar! Tempo de festa, muita festa na nossa cidade.

Pe. José erivan Primo (Pároco)

Pe. Luiz Carlos Alves da Silva (Vigário Paroquial)

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Vermelho. 2ª-feira da 33ª Semana Tempo Comum 
Ss. Roque González, Afonso Rodríguez e João del Castillo, PresbsMts, memória

Jesus passou toda a sua vida fazendo o bem para manifestar o amor de Deus para conosco. Quando Jesus realiza curas, quer mostrar que o amor de Deus pelos homens faz com que as pessoas não fiquem à margem do caminho pedindo esmolas, mas com que cada um tenha condições de seguir o seu próprio caminho. É por isso que ele tem compaixão do cego e o cura. Após o processo de libertação, todos são convidados a seguir o próprio caminho, sendo que alguns, como é o exemplo do cego do Evangelho de hoje, resolvem seguir o caminho de Jesus. Quando Jesus cura, não tira a liberdade da pessoa. Aqueles que depois de curados resolvem seguí-lo, o fazem de livre e espontânea vontade, mas tornam-se um motivo para que todos glorifiquem a Deus.

sábado, 17 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Branco. Sábado da 32ª Semana Tempo Comum 
Sta. Isabel de Hungria Rlg, memória

A parábola do juiz iníquo nos mostra, como o próprio São Lucas nos diz, a necessidade da oração constante e da confiança em Deus que sempre ouve as nossas preces. Porém devemos ver qual a preocupação de Jesus no que diz respeito ao conteúdo da oração. O juiz não quer fazer justiça para a viúva e depois a faz por causa da insistência dela. A partir disso, Jesus nos fala sobre a justiça de Deus, ou seja, que o Pai fará justiça em relação aos que a suplicam. Deste modo, vemos que Jesus exige que a nossa oração não seja mesquinha, desejando apenas a satisfação das necessidades temporais, mas sim a busca dos verdadeiros valores, que são eternos.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 6ª-feira da 32ª Semana Tempo Comum 

Devemos estar sempre prontos para o nosso encontro com Jesus, e este encontro, na verdade, acontece todos os dias, quando ele vem até nós na pessoa dos fracos, dos pobres, dos oprimidos, dos excluídos, dos necessitados, enfim, de todos os que não são amados, são rejeitados pela sociedade e precisam de alguém que manifeste o amor que Deus tem por eles. O dia do Filho do Homem é o dia da vivência do amor, da caridade e da fraternidade para com todos. O verdadeiro cristão é aquele que faz de todos os dias da sua vida o dia do Filho do Homem.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Livro do Papa sobre a Infância de Jesus será publicado no dia 20 de novembro



A Sala de Imprensa da Santa Sé anunciou que o terceiro volume do livro do Papa Bento XVI sobre Jesus de Nazaré, que leva por título "A Infância de Jesus" será apresentado no Vaticano na próxima terça-feira, 20 de novembro.

O volume, que estará nas livrarias de Portugal e outros países europeus a partir da quarta-feira 21, será apresentado na Sala Pio X às 11:00 a.m. (hora de Roma).


Na apresentação haverá intervenções do Cardeal Gianfranco Ravasi, Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, da professora Maria Clara Bingemer, professora de Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, o reverendo Giuseppe Costa S.D.B., diretor da Livraria Editorial Vaticano e o Padre Federico Lombardi S.I., diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé.

A editorial Rizzoli, encarregada de distribuir o livro, publicou em outubro deste ano o prefácio e dois fragmentos da obra, nos quais o Papa assinala que "finalmente, posso pôr nas mãos dos leitores o pequeno livro prometido há tempos sobre a infância de Jesus".

"Não se trata de um terceiro volume, mas de uma espécie de pequena sala de espera para os dois anteriores sobre a figura e a mensagem de Jesus de Nazaré. Aqui, procurei interpretar um diálogo com revelações do passado e do presente, quer dizer, o que Mateus e Lucas contam no início de seus Evangelhos sobre a infância de Jesus", acrescenta.

"Segundo minha convicção, uma interpretação precisa, requer dois passos. Por um lado, é preciso perguntar-se o que queriam dizer com seu texto os respectivos autores no seu momento histórico, e ver o componente histórico das revelações. Porque não basta deixar o texto no passado, arquivando-o entre as coisas que anteriormente aconteceram".

O Papa afirma que "a segunda pergunta exegética deve ser: É verdade o que dizem?, tem relação comigo? e, se tiver relação comigo, de que maneira o faz? Diante de um texto como aquele bíblico, no qual o último e mais profundo autor, segundo nossa fé, é Deus mesmo, a pergunta sobre a relação do passado com o presente faz inevitável parte da nossa interpretação. Com isso, a seriedade da investigação histórica não diminui, mas aumenta".

"Encarreguei-me que entrar neste sentido com os textos. Com tudo isso, sou muito consciente que este diálogo no cruzamento entre passado, presente e futuro, não poderá jmais cumprir-se e que cada interpretação fica atrás em relação à grandeza do texto bíblico. Espero que este pequeno livro, apesar de seus limites, possa ajudar muitas pessoas em seu caminho para Jesus".

A editorial Rizzoli adiantou também dois fragmentos tirados da página 36 e 38 da obra, nas que o Santo Padre recorda que "Jesus nasceu em uma época determinada com precisão. Ao início da atividade pública de Jesus, Lucas oferece uma vez mais uma data detalhada e cuidada daquele momento: é o 15º ano do império de Tiberio Cessar; e além disso são mencionados o governador romano daquele ano e os tetrarcas da Galilea, da Iturea, da Traconítide, de Abilene, e os chefes sacerdotais".

Jesus "pertence a um tempo exatamente datado e em um ambiente geográfico exatamente indicado: o universal e o concreto se tocavam um no outro. Nele, o Logos, a Razão criadora de todas as coisas entrou no mundo. O Logos eterno se fez homem, e disto forma parte do contexto de lugar e de tempo".

"A fé está ligada a esta realidade concreta, embora depois, em virtude da ressurreição, o espaço temporário e geográfico tenham sido superados, e o ‘preceder na Galilea’ de parte do Senhor, introduz na vastidão aberta à humanidade".

Os livros anteriores da trilogia sobre Jesus escritos pelo Papa são: "Jesus de Nazaré" (Rizzoli 2007) e "Jesus de Nazaré: Da entrada em Jerusalém até a ressurreição" (LEV 2011).

Missionária denuncia venda de meninas na Amazônia brasileira



A missionária italiana, Irmã Justina Zanato, denunciou na localidade de São Gabriel da Cachoeira, na amazônia brasileira perto da Colômbia, meninas indígenas são maltratadas e às vezes até vendidas por dez euros.

As meninas pertencem às etnias tariana, uanana, tucano e barè, e vivem na extrema periferia de São Gabriel da Cachoeira, onde 90% da população é indígena.

Em informação recolhida pela agência Fides, o jornal A Folha de São Paulo assinalou que estes casos infelizmente costumam ficar impunes.


“É frequente que a polícia arquive as denúncias de mães de meninas violentadas. Muitas vezes, depois das denúncias, as pequenas vítimas são ameaçadas e algumas delas devem fugir”, reproduziu Fides.

"Apresentamos numerosas denúncias, mas não obtivemos resultados. É muito triste pensar que quem deve impor o respeito das leis não o faz" - disse a Irmã Zanato, que desde 2008 coordena o programa Menina Feliz, que assiste as meninas violentadas ou abandonadas, e é também presidente do Conselho Municipal para a Defesa de Crianças e Adolescentes.

Segundo a agência Fides, a missionária arrisca a vida todos os dias defendendo estas meninas da violência de adultos. Com efeito, uma menina índia de 10 a 12 anos, na Amazônia, vale poucos euros, um pacote de balas ou uma camiseta. Quem compra a inocência destas meninas são quase sempre homens adultos, brancos, ricos e poderosos, certos de ficar impunes.

A PALAVRA DE DEUS NA VIDA


Verde. 5ª-feira da 32ª Semana Tempo Comum 

O Evangelho de hoje nos mostra que precisamos reconhecer a presença do Reino de Deus no meio dos homens para que possamos reconhecer a presença de Jesus em nosso meio. E vamos encontrar Jesus presente no meio de nós nos que sofrem, que são rejeitados, que são excluídos da sociedade. A sociedade não quer viver os valores do Reino de Deus e vive do egoísmo, do acúmulo de bens, da busca desenfreada de poder e de prazer, da escravidão dos vícios, etc. Os membros dessa sociedade vivem uma fé superficial, materialista, mesquinha e descompromissada, que faz com que queiram ver Jesus, mas não possam vê-lo, pois não o reconhecem nos pobres e necessitados.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Setor Universidades da CNBB lança site para interação entre os Universitários Cristãos


O Setor Universidades, que faz parte da Comissão Episcopal Pastoral para a Cultura e Educação, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), está lançando o seu site. Trata-se dowww.universitarioscristaos.com.br, que tem como finalidade interagir com a juventude cristã que faz parte do âmbito universitário.
Segundo o Setor Universidades, o site foi inteiramente pensado e executado por jovens, voluntários do Setor, e aprovado pela assessoria e coordenação do Setor e pela presidência da Comissão Episcopal.
“Este site é uma conquista da própria juventude universitária que encontrou neste meio com a intenção de aproximar, partilhar e socializar as experiências de Pastoral vividas em diferentes partes do Brasil e de países de América Latina”, destacou a assessora do Setor Universidades, irmã Maria Eugênia Lloris Aguado.
O site é um espaço de interação, formação e comunicação. São disponibilizadas notícias, atividades, materiais e ações realizadas em todas as regiões do Brasil. Nele, a Pastoral Universitária apresentará as diferentes experiências com três eixos comuns ou dimensões: espiritualidade, formação/reflexão e dimensão solidária ou sócio-educacional.
“O projeto ‘Universitários Cristãos’ quer nos aproximar e contribuir para manter a identidade do Setor como um espaço aberto de diálogo e interação entre todos os que estão imersos neste ambiente universitário, com uma proposta comum a todos: A Pastoral Universitária. Sermos presença evangelizadora da Igreja no âmbito universitário é o nosso desafio”, completou Eugênia.
Para que este site possa cumprir com a finalidade em que foi criado o Setor Universidades conta com o apoio dos voluntários em vários estados. Os interessados em contribuir podem entrar em contato com o Setor Universidades, no e-mail: contato@universitarioscristaos.com.br .
“Mandem as suas noticias, materiais de divulgação, e experiências bem sucedidas para que aqueles que desejam iniciar, organizar ou aprofundar na experiência possam encontrar subsídios adequados. Mandem ainda suas perguntas, questionamentos que nos ajudarão a formatar subsídios na busca de uma evangelização mais fecunda e eficaz”, finalizou a assessora da CNBB.
Fonte:http://www.cnbb.org.br